VII- GLOSSÁRIO

Ácino – conjunto de células produtoras de leite

Alopecia – perda de cabelos

Anorexia – perda de apetite

Anticorpos monoclonais: são proteínas projetadas para atacar uma parte muito específica de uma célula cancerosa.

Antitranspirantes: desodorantes que podem evitar a transpiração.

Aréola – estrutura central da mama onde se projeta a papila

Autoexame da mama: modo pelo qual as mulheres checam se há alterações em suas mamas. Os médicos e as enfermeiras podem ensinar às mulheres como fazer isto.

Benigno – qualidade de nódulo ou tumor que não é canceroso nem invade os órgãos vizinhos ou distantes

Biópsia – remoção de tecidos para exame microscópico e diagnóstico

Câncer – grupo de doenças em que as células malignas crescem sem controle e comprometem outros órgãos

Candidíase – micose causada por cândida albicans

Carcinogênese – processo de transformação de células benignas em malignas sob a ação de agentes físicos, químicos ou biológicos

Célula: todas as coisas vivas, desde plantas a animais, são feitas de pequenas células.

Cirurgia conservadora: remover uma massa tumoral e uma parte da mama, mas não a mama inteira.

Colágeno – fibra natural que sustenta os tecidos

Dermatite – qualquer processo inflamatório da pele

Diagnóstico: detecção de uma patologia

Displasia – desarranjo no tecido mamário

DNA - O ácido desoxirribonucleico é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus, e que transmitem as características hereditárias de cada ser vivo

Dosagem de receptor de estrogênio – teste para determinar se o câncer de mama contém proteína receptora de estrogênio

Ductos principais – conduzem a secreção (leite) até a papila; são em número de 15 a 20

Eczema – processo inflamatório cutâneo descamativo

Edema –acúmulo de líquido em alguma parte do corpo

Efeitos colaterais: Efeitos indesejadas que acontecem por causa do tratamento, como perda de cabelo por causa da quimioterapia ou cansaço provocado pela radioterapia.

Endométrio – tecido que reveste internamente a cavidade uterina

Epitélio ou tecido epitelial é um dos quatro tipos de tecidos básicos do organismo humano - os outros são o tecido conjuntivo, o muscular e nervoso. As células epiteliais revestem os órgãos e podem, em alguns casos, formar glândulas.

Estadiamento – determina extensão da doença no corpo

Estrogênio e Progesterona – hormônios femininos produzidos pelos ovários

Estroma – tecido frouxo que circunda os lóbulos e os ductos mamários

Etiologia – agente causal

Exame citológico – análise microscópica de células

Exame por congelação – técnica em que o tecido retirado é congelado e rapidamente examinado no microscópio, pelo patologista

Exógeno – externo, produzido fora do organismo

Expressão – compressão

Fadiga: sensação de cansaço causada pelo tratamento de câncer, diferente daquela que se sente por não ter dormido o bastante. É como se seu cérebro, corpo e emoções estivessem cansados. É o efeito colateral mais comum do tratamento de câncer.

Fáscia – tecido fibroso que reveste estruturas

Fatores ambientais – são fatores não genéticos que afetam nosso corpo. Exemplos são vírus, toxinas, poluentes, cigarro, drogas e dieta

Fatores de risco – qualquer fator que aumente a chance de uma pessoa vir a ter uma doença

Fatores prognósticos – fatores avaliados que sugerem a gravidade da doença e a possibilidade de cura

Foliculite – processo inflamatório do pelo (folículo piloso)

Gene – localizado nos núcleos das células e contém todas as informações herdadas dos nossos pais. Nós herdamos metade dos gens da mãe e outra metade do pai

Glândula suprarrenal – duas pequenas glândulas que liberam hormônios, localizadas no polo superior dos rins

Grau de câncer: o câncer de mama tem um grau de 1 a 3, sendo que 1 é o menos grave e 3, o mais sério. Esses números representam o grau de comprometimento de seu organismo em relação ao câncer.

HER-2 – Também conhecido como c-erb-2 é um oncogene que pode estar aumentado em alguns tumores e representa pior prognóstico

Herceptin – Trastuzumab é um anticorpo hormonal humano específico para tumores HER-2 positivos

Hiperplasia – crescimento desordenado dos tecidos

Hipocalórica – de baixa caloria

Hormônio – substância reguladora do crescimento, do metabolismo e da reprodução; é secretado pelas glândulas

Implante de mama: um acolchoado preenchido com água salina ou gel de silicone, no formato do seu seio, colocado sob a pele, onde o tecido da mama foi removido.

Imunossupressão – depressão do sistema imunológico

In situ – sem invasão, restrito ao ducto mamário

Inibidor da aromatase – classe de medicamentos hormonais que bloqueiam a síntese de estrogênios em mulheres na pós-menopausa

Linfedema – inchação e dilatação dos vasos linfáticos obstruídos

Linfonodo sentinela – primeiro linfonodo de drenagem do tumor

Linfonodos –gânglios linfáticos que participam do sistema de defesa do organismo

Lobo mamário – conjunto de ácinos e pequenos ductos

Mamografia: imagem da mama a partir do uso de raios-x.

Mastectomia: remoção de uma ou ambas as mamas (neste caso, chamada mastectomia dupla).

Mastite – processo inflamatório das mamas

Mastologista – médico especializado na prevenção, no diagnóstico e tratamento das doenças benignas e malignas das mamas

Menopausa: quando a mulher para de menstruar e seu corpo para de fabricar hormônios.

Metástase: quando as células de câncer se desprendem da área onde foram geradas e se espalham para outras regiões do corpo.

Microcalcificação – depósito de cálcio no tecido mamário

mTOR (mammalian target of rapamycin): é uma proteína com papel central no crescimento, na proliferação e na manutenção das células, que participa da formação de dois complexos, mTORC1 e mTORC2

Mutação – mudança, diferenciação

Náusea: sensação de enjoo e vontade de vomitar.

Neoplasia – tecido que sofreu transformação benigna ou maligna

Neurotransmissor – substância responsável pelas transmissões no sistema nervoso

Oncologista – médico especializado no tratamento clínico do câncer

Papila – protuberância elástica onde desembocam os ductos mamários

Parênquima - árvore mamária ou tecido glandular mamário

Patologista – médico especializado em examinar tecidos e líquidos pelo microscópio, para dar um diagnóstico definitivo

Penetrância É definido como a percentagem de indivíduos com determinado genótipo que expressa o fenótipo correspondente.

Procedimento de retalho: reconstrução da mama, na qual o médico usa um tecido de outra parte de seu corpo para tentar reproduzir a forma do seio. O tecido pode vir do seu abdome, costas, quadril ou nádegas.

Prognóstico – evolução da doença na expectativa do médico

Proliferar – crescimento dos tecidos

Quadrante – porção correspondente a um quarto do volume total da mama

Quimioterapia: drogas que matam as células de câncer e são colocadas no corpo por meio de injeções ou ingeridas como pílulas. Elas detêm o processo de crescimento e divisão das células quando estão dentro do corpo.

Radiologista – médico especializado em métodos de imagem para diagnóstico das doenças

Rádio-oncologista – médico especializado na radioterapia

Radioterapia: tratamento com raios-x especiais que matam as células de câncer.

Radiotraçador - substância radioativa injetada para marcar lesões mamárias ou o linfonodo sentinela

Recidiva: câncer que volta depois do tratamento.

Reconstrução de mama: cirurgia que pode reconstruir o formato do seio de uma mulher, incluindo mamilo e aréola.

Reconstrução do mamilo: um tipo de reconstrução da mama, em que o tecido para o mamilo e aréola é tirado do corpo do paciente, geralmente da área inguinal, e moldado na forma de um mamilo. Também pode ser feita utilizando-se pequenos retalhos unidos da pele da mama reconstruída para formar o mamilo. Às vezes, os médicos utilizam a técnica de tatuagem para criar a aréola e combinar um mamilo com o outro.

Regressão – diminuição do tumor

Relatório de patologia: um relatório que explica o seu tipo de câncer de mama, o tamanho do tumor e a rapidez de seu crescimento.

Remissão – desaparecimento completo dos sinais e sintomas da doença

ROLL – cirurgia radioguiada para localização de lesão oculta

Seroma - acúmulo de líquido em cavidade fechada

Sistema linfático – rede que inclui linfonodos, linfa e vasos. Age como um filtro no organismo

Suplemento: vitaminas ou minerais que não vêm dos alimentos, mas em comprimidos, por exemplo, e que são ingeridos pelo paciente para ajudá-lo a enfrentar melhor o câncer de mama.

Tamoxifeno – substância hormonal usada no tratamento do câncer de mama

Tecido – conjunto de células que exercem função específica

Tecido adiposo – o restante da mama é preenchido por este tecido gorduroso; sua quantidade varia de acordo com as características físicas, o estado nutricional e a idade da mulher

Terapia de reposição hormonal (TRH): ingestão de hormônios depois que você passou pela menopausa, quando seu corpo para de fabricar hormônios.

Terapia hormonal: tratamento de câncer com hormônios ou com drogas que interferem na produção ou ações dos hormônios. Não é o mesmo que a terapia de reposição hormonal. A terapia hormonal também pode incluir cirurgia para retirar glândulas produtoras de hormônios. A terapia hormonal pode matar as células do câncer ou reduzir o seu crescimento.

Transição epitélio-mesenquimal (EMT), processo pelo qual as células do câncer, a partir de tumores primários, passam por uma conversão fenotípica para invadir e migrar, gerar metástases em tecidos ou órgãos distantes

Tratamento adjuvante – tratamento que visa tratar eventuais micrometástases e determinar maior possibilidade de cura

Tratamento paliativo – visa ao alívio da dor e dos sintomas, mas seu objetivo não é a cura da doença

Tratamentos alternativos: terapias ou qualquer coisa que alguém afirme ser capaz de curar o câncer, quando, na verdade, sua eficácia não foi comprovada.

Tumor: células que formam um caroço em seu corpo. Alguns tumores são câncer e outros não.

Turgência – inchação e distensão das mamas

Referências nacionais e internacionais

American Cancer Society www.cancer.org

American Society of Clinical Oncology www.asco.org

European School of Oncology   www.eso.net

European Society of Mastology www.eusoma.org

Femama  www.femama.org.br

Global Cancer Observatory    www.gco.iarc.fr

Instituto Nacional do Câncer www.inca.gov.br

Instituto Oncoguia www.oncoguia.org.br

Medicinet               www.medicinenet.com

National Cancer Institute  www.cancer.gov

National Institutes of Health  www.nih.gov

Senologic International Society www.sisbreast.org

Sociedade Brasileira de Mastologia www.sbmastologia.com.br

Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica www.sboc.org.br

UICC  www.uicc.org

Contate-nos

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Obrigado por enviar!

Icone-para-baixar-APP android 2.png
Icone-para-baixar-APP apple.png

Centro Médico Sorocaba

Botafogo

Rua Sorocaba, 464 - sala 202

Tel. 21 2537-0138 / 2539-5093

      Segunda, quarta e sexta-feira

Americas Medical City

Barra da Tijuca

Av. Jorge Curi, 550 - salas 252/253

Tel. 21 3264-4866 / 3264-4863

      Terça e quinta-feira

logo2.png
  • Facebook
  • Instagram